UrbanWINS

Metabolismo urbano é a chave para a construção de Redes e Estratégias Inovadoras de Gestão de Resíduos

O projeto UrbanWINS tem como objetivo desenvolver e testar métodos/metodologias para a elaboração e implementação de planos estratégicos inovadores e sustentáveis de Prevenção e Gestão de Resíduos em seis países Europeus (Áustria, Itália, Roménia, Portugal, Espanha e Suécia)

Contexto 

Lançado em Junho de 2016, é um projeto financiado pela UE durante três anos, no âmbito do Horizonte 2020. Visa o desenvolvimento e implementação de Planos Estratégicos Eco-Inovadores para a Prevenção e Gestão dos Resíduos que irão impulsionar a resiliência ambiental urbana e contribuir para desenvolver padrões de produção e consumo mais sustentáveis. Atua em melhorar a recuperação de resíduos e a utilização de materiais recuperados, em vários contextos urbanos recorrendo a abordagens inovadoras, interdisciplinares e participativas. Estes Planos Estratégicos são desenvolvidos com base num melhor conhecimento dos fatores que influenciam o metabolismo das cidades, bem como o modo como estes fatores podem conduzir a mudanças tecnológicas, não tecnológicas e de governância.

Objetivos específicos:

  • Aprofundar a compreensão do estado da arte das estratégias de gestão de resíduos urbanos e ligações com as abordagens do metabolismo urbano com base na análise de 24 cidades da UE e em 6 países;

  • Desenvolvimento de um conjunto de recomendações e instrumentos inovadores de prevenção e gestão de resíduos;

  • Criação de instrumentos para o envolvimento de Stakeholders no desenvolvimento de novas soluções.

 

Como se envolver?

Através do envolvimento alargado dos stakeholders (atores chave) nos Ágoras.

Durante o projeto são realizados encontros presenciais (Ágoras Locais) e criado um fórum virtual (Ágoras Online  - www.urbanwins.eu/online-agora/) para debates encorajando o envolvimento de todos, desde os cidadãos aos gestores de resíduos. 
A ideia central visa envolver todos em diálogo promovendo brainstormings, partilha de ideias, preocupações e possíveis soluções. A participação aberta a todas ocorre durante diferentes fases do processo: análise, planeamento de políticas, planeamento de ações e implementação.

Principais outputs:

  • Modelo de referência para o estudo do metabolismo urbano;

  • Comunidade virtual e 8 comunidades físicas os "agora“ criadas para garantir o envolvimento dos stakeholders contribuindo com ideias e ações inovadoras;

  • Estratégias-piloto e ações de prevenção e gestão de resíduos nas 8 cidades piloto;

  • Kit de ferramentas online com as experiências das 8 cidades-piloto para capacitar os decisores a melhorarem as suas políticas de prevenção e gestão de resíduos.

Resultados esperados:

  • Melhorias na gestão urbana de resíduos;

  • Processos colaborativos na tomada de decisão;

  • Aprendizagem mutua entre as cidades envolvidas;

  • Soluções coletivas para a gestão urbana eco-inovadora;

  • Consciencialização sobre a limitação dos recursos, prevenção e gestão de resíduos;

  • Melhor compreensão das ligações entre a resiliência do ambiente urbano e a qualidade de vida;

  • Redução das barreiras assegurando uma economia circular, entendendo os resíduos como um recurso;

  • Planos estratégicos de prevenção e gestão de resíduos urbanos replicáveis;

  • Progresso no sentido de padrões mais sustentáveis de produção e consumo.

Elementos Chave

Governância Colaborativa: processo decisório colaborativo visando o estabelecimento de novas políticas publicas em gestão de resíduos urbanos.

Conceito de circularidade: o projecto desenvolve-se à volta da ideia de circularidade nomeadamente no que se refere ao metabolismo urbano e economia circular.

Cidades piloto

Parceiros

Estão envolvidos 27 parceiros de 6 países diferentes (Áustria, Itália, Roménia, Portugal, Espanha e Suécia), incluem municípios e autoridades locais, centros de investigação e universidades, empresas, ONGs.

Os 4 parceiros a nível nacional:

A Equipa

FCT NOVA / MARE NOVA (Dep. Ciências e Engenharia do Ambiente)

Docentes Investigadores envolvidos: Lia Vasconcelos (coordenadora do WP3), Graça Martinho, José Carlos Ferreira, Ana Silveira, Joaquim Pina

Bolseiros Investigadores: Flávia Silva, Filipa Ferreira; Ana Pires, Ana Gomes, Mário Ramos, Pedro Santos

Onde saber mais? 

Visite o nosso site - www.urbanwins.eu e subescreva a nossa newsletter!

Visite as nossas redes sociais e participe no debate: #UrbanWINS

www.facebook.com/UrbanWINS

www.twitter.com/UrbanWINS

www.instagram.com/UrbanWINS

 

Contactos nacionais:

FCT NOVA

email: urbanwinsfctnova@gmail.com

Telf: +351 21 2948500, ext: 10174

Contacto Geral:

Mara Pesaro, Coordenadora do projeto UrbanWINS

Município de Cremona (Itália)

urbanwinscremona@comune.cremona.it

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now